Feeds:
Posts
Comentários

Archive for novembro \22\UTC 2009

Venha participar de mais esta oficina de cerâmica plástica que darei no Continental Shopping Center, no Butantã/São Paulo, no dia 16 de dezembro (quarta-feira), a partir das 14hs.

Para participar, basta se inscrever levando apenas 1kg de arroz ou de feijão, diretamente na Central de Cursos, no Piso Boulevard, a partir de 01 de dezembro, das 13 às 17:30hs (de segunda a sexta).

Faremos esse lindo conjunto de colar e anel com uma técnica de metalização sobre a cerâmica plástica, para você usar no Reveillon e fazer o maior sucesso com uma peça feita por você!

Aguardarei você lá! Venha passar uma tarde bem gostosa fazendo muita arte!

😉

Read Full Post »

Quando elaboramos um trabalho, devemos sempre levar em conta o fator originalidade ao que fazemos. É muito comum encontrarmos trabalhos bastante semelhantes, vindos de autores diferentes, até bonitos e bem-feitos, mas… comuns! Isso, sem contar as cópias!

Está certo… existe uma certa tendência de moda a ser seguida (será mesmo?), principalmente para quem lida com design de acessórios. Acho até normal que isso aconteça, mas não devemos fazer da moda uma escravidão e uma padronização em massa sempre.  Gosto de brincar com estilos e técnicas, introduzir detalhes novos, muitas vezes alheios à moda, mas elegantes, interessantes e usáveis. Sim, usáveis, pois às vezes nos deparamos com peças também malucas e pirotécnicas demais, que ninguém teria coragem de usar normalmente, embora, para um desfile ou exposição, sejam interessantíssimas.

Com alguns desses cuidados na criação de novas peças é que sugerimos novas tendências dentro de um segmento. É quando seu trabalho passa a se destacar em meio a tantos outros. É a inovação, a criação e a originalidade pautadas em cada trabalho. Isso tudo também poderá ser sinônimo de uma elegância diferenciada, ou mesmo uma peça bastante divertida e agradável de usar. O novo sempre poderá chocar, mas é justamente o novo que também atrai e se destaca, dando uma personalidade única às suas peças.

Então procure dar um up em seu trabalho, personalizando-o cada vez mais. Verá que ganhará muito com isso, criando o seu próprio estilo e a “sua cara” em cada peça que fizer.

Criatividade, originalidade e estilo é isso tudo e mais um pouco, mas sempre resultando em peças únicas, charmosas e personalíssimas!

Que tal experimentar  arriscar um pouquinho mais? 😉

Read Full Post »

Existem pessoas talentosas, outras, muito talentosas e também muito doces, que conseguem transmitir toda essa doçura e delicadeza em seus trabalhos.

Uma dessas pessoas, que tive o prazer de conhecer e me tornar amiga, chama-se Silvana Regel. Sua arte em esculpir a mão mini-bebês em polymer clay (cerâmica plástica) impressiona tamanha perfeição e delicadeza que coloca em cada detalhe do que faz.

Silvana, que assina seus trabalhos como Vana Babies, encanta como pessoa e como artista, passando um amor muito grande pela sua arte, refletido em cada detalhe, desde o acabamento perfeito, à beleza e delicadeza das formas bastante expressivas.

Tive também a honra de ser presenteada por ela com muito carinho, com esse lindo bebezinho da foto. Veja só se não é um encanto e uma gostosura de se admirar! É pequenino, cabe na palma da mão!

Amei demais!

Conheça mais do belíssimo trabalho de Silvana em seu site:

www.vanababies.com.br

Read Full Post »

chato1_thumb[2]

Estava aqui matutando sobre a valorização e o respeito ao que fazemos. Nem todos percebem, ou melhor, entendem o que queremos transmitir através de nossa arte. Quem nunca se deparou com pessoas desagradáveis, que logo vem palpitando “ah não quero isso ou aquilo, você deveria ter feito assim ou assado… mude isso… ” etc, como se fossem diretores de um filme no qual somos protagonistas?

Sinto muito, mas não altero meu trabalho em função de ninguém. Como quase todo artista, também coloco “alma” em cada peça que faço. E se eu gostei do que fiz, isso me basta. Se alguém não gostou, nada posso fazer… pois o problema deixa de ser meu. 😛

Então não dou a ninguém o direito de interferir, de querer mudar algo que fiz. Deixo de lado todo interesse comercial e meu lado artista fala mais alto. Orgulho? Pode ser, mas prefiro chamar de auto-respeito e a certeza de ser bem resolvida, somente isso, pois sou bastante segura – e feliz – no que faço. 😀

Às vezes até peço sugestões, mas isso sempre será uma escolha MINHA, pois somente as solicito a pessoas realmente competentes e que também tenham alma de artista, mesmo que tenham opiniões diferentes da minha, mas com a mesma sensibilidade e respeito com que elaboro meus trabalhos, e isso, infelizmente nem todos têm. Muito pelo contrário, alguns têm é espírito de porco, o tal do Zé Contrinha! Geralmente são pessoas desprovidas de discernimento, mas que no fundo se reconhecem limitadas, incapazes de fazer algo semelhante, então em vez de criarem, criticam, interferem, desconstroem. Uma pena.

Mas de pessoas assim quero distância, pois sei que nada de bom me acrescentarão. Aceito perfeitamente que não gostem de algo que fiz, mas nunca que queiram que eu faça do jeito que elas julgam que devo fazer. Existe uma enorme diferença nisso… e  respeito é bom, e eu gosto!

Pense nisso você também. Nunca deixe que diminuam seu trabalho, pois ninguém sabe o quanto você lutou para crescer. Sua integridade profissional é um bem enorme, que só você sabe o valor que tem. Preserve-a sempre!

😉

Read Full Post »